segunda-feira, 9 de março de 2009

VISÃO DO CENTRO INTERDISCIPLINAR DE ÉTICA E ECONOMIA PERSONALISTA (MENOS ESTADO E MAIS SOCIEDADE)

MENOS ESTADO E MAIS SOCIEDADE...

As pessoas e suas formas de organização (famílias, comunidades e empresas) são os verdadeiros agentes de promoção do desenvolvimento econômico e do avanço tecnológico que está transformando rapidamente o nosso planeta numa aldeia global. A história do tempo presente parece conduzir os homens para uma vida cada vez mais ecumênica e coletiva, no entanto, perguntamo-nos, será o homem meramente o produto de suas relações de trabalho e produção?

Com a crescente interdependência de todos, o bem estar da humanidade necessita cada vez mais de uma consciência e liberdade pessoais que permitam uma verdadeira ação cooperativa em nível local, regional, nacional e internacional. Mas é fundamental que exista uma consciência cultural; é fundamental que saibamos quais culturas e valores deverão prevalecer nesse imenso espaço intelectual – a pessoa humana é mais do que aquilo que faz ou produz; ela não pode e não deve ser reduzida a estatísticas, sendo transformada num servo do Estado ou numa engrenagem do Mercado.

Todas as ações humanas eficazes surgirão dessa tomada de consciência, e terão como conseqüência o desenvolvimento e prosperidade de cada pessoa. Esse ambiente bem-sucedido permitirá que metas como a preservação do meio ambiente, do patrimônio cultural, a promoção dos direitos humanos, a caridade efetiva, a responsabilidade dos pais pela escolha pedagógica e educacional dos filhos menores, a redução da carga tributária e conseqüente redução da pobreza, façam parte do dia-a dia das pessoas num esforço conjunto de realizar o sonho de “menos Estado e mais Sociedade”; um país de melhores práticas sociais e de instituições mais confiáveis, em suma, um país mais livre, próspero, justo e virtuoso.

Para o sonho se tornar realidade, a participação e interação dos setores cultural, religioso, acadêmico e empresarial se torna crucial pela capacidade criadora, pela possibilidade de captar recursos humanos e financeiros, bem como pela liderança que cada um deles exerce nas suas áreas de atuação.

Tais setores são poderosos agentes de mudança e devem refletir o respeito pelo infinito valor de cada pessoa humana e servir de exemplo, por intermédio de suas práticas, para as futuras gerações. Ao adquirir respeito pelas pessoas, nossos colaboradores ganham o respeito e a admiração das comunidades que são impactadas por suas atividades, passando a ser gratificadas com o reconhecimento de seus trabalhos e/ou produtos, pelo engajamento dos colaboradores e/ou pela preferência dos consumidores.

Estamos num momento em que diversos setores da sociedade estão redefinindo seus papéis e não podemos deixar de acrescentar nessa agenda a experiência da dignidade, do valor e da ação humanas como fundamento de uma estrutura comunitária que afirme a singularidade de cada pessoa humana, permitindo sua plena participação na ordem social.

A Ética Personalista e seus desdobramentos filosóficos, culturais, econômicos e legais, com sua proposta radical de valorização do humano, estão se tornando cada vez mais fator determinante de sucesso no mundo acadêmico e empresarial internacional.

Ao trazer essa proposta de vanguarda para todos os cenários culturais de língua portuguesa, o Centro Interdisciplinar de Ética e Economia Personalista abre novas perspectivas para o surgimento de um mundo mais humano, economicamente mais próspero e socialmente mais justo para as novas gerações, pretendendo ser o recurso intelectual mais respeitado, por propor uma mudança de paradigma, além de ser reconhecido internacionalmente pela qualidade de seus programas.

CENTRO INTERDISCIPLINAR DE ÉTICA E ECONOMIA PERSONALISTA
http://www.cieep.org.br/home.php?page=visao



O Centro Interdisciplinar de Ética e Economia Personalista (CIEEP) é uma organização não governamental sem fins lucrativos, fundada em 1º de julho de 2002, no Rio de Janeiro, por intelectuais de diferentes áreas do conhecimento e oriundos de diversas partes do Brasil.

Num mundo dominado por uma visão materialista e desumanizadora, onde as possíveis soluções para os graves problemas sociais são atribuídas apenas ao Estado ou ao Mercado, a preocupação central dos fundadores do CIEEP é romper com tal dualismo, demonstrando que a vida humana requer uma nova dinâmica relacional entre Estado, Sociedade e Mercado.

Para o CIEEP, a Sociedade é bem mais complexa do que os esquemas ideológicos; é composta de comunidades e famílias, homens e mulheres de várias classes sociais e níveis culturais que interagem espontaneamente. Em última análise, é feita por cada pessoa que, com seus méritos e talentos, colabora para construção de uma sociedade livre, responsável e virtuosa.

Para tornar possível a reflexão sobre a problemática humana num mundo sem fronteiras tecnológicas e geográficas, os membros do CIEEP decidiram por estabelecer um programa cultural e pedagógico capaz de permitir às pessoas descobrir quais valores modelaram, e ainda modelam, a identidade espiritual e cultural da civilização ocidental e a repensar de forma crítica qual o papel da pessoa humana nos novos tempos globalizados.

O trabalho do CIEEP consiste em desenvolver um diálogo com os vários campos do conhecimento, além de introduzir a noção de Economia Personalista. Nessa perspectiva, a interdisciplinariedade é fundamental, pois permite ao ser humano encontrar possibilidades que vão além de si mesmo e das aparentes circunstâncias do meio ambiente, via o conhecimento legado pela filosofia, teologia, psicologia, literatura, música, artes plásticas, antropologia, história, sociologia, ciência política, direito e economia, dentre outros campos do saber.

O CIEEP pretende participar de forma prática e concreta da construção de um país democrático, próspero e justo, constituído de cidadãos livres, responsáveis e virtuosos. Para isso pretende estabelecer parcerias de sucesso nos meios empresarial, cultural, acadêmico e religioso na realização de eventos, publicações e políticas públicas que tenham como fim último a valorização da dignidade de cada pessoa humana e a busca da verdade.

O CIEEP acredita no surgimento de um mundo mais humano, economicamente mais próspero e socialmente mais justo para as novas gerações.


CENTRO INTERDISCIPLINAR DE ÉTICA E ECONOMIA PERSONALISTA
http://www.cieep.org.br/home.php?page=institucional



Na Tradição da Liberdade
Uma História do Pensamento Ocidental


“Em todas as épocas, os amigos sinceros da liberdade têm sido raros, e seus triunfos são devidos às minorias [...] Se interesses hostis vêm produzindo muitos danos, falsas idéias os têm produzido ainda mais, e o avanço [da verdadeira liberdade] é marcado pelo aumento do conhecimento, bem como pela melhoria das leis."

Lord Acton

CENTRO INTERDISCIPLINAR DE ÉTICA E ECONOMIA PERSONALISTA
http://www.cieep.org.br/home.php?page=tradicao